Menu
RSS

IMAGENS FORTES - Mulher morde e arranca bochecha de homem que a chamou de “gostosa” Destaque

Uma mulher foi condenada a um ano de prisão após morder e arrancar parte da bochecha de um homem após ele chamá-la de “gostosa”. Michelle Byrne estava andando na rua quando Aaron Wanklyn passou com um amigo para ir até uma boate. Ao se encontrar com ela, ele proferiu o “elogio”.

Michelle não gostou nada disso e perseguiu o rapaz. Ao encontrá-lo, não pensou duas vezes e o mordeu na bochecha. A mordida foi tão violenta que arrancou boa parte do local. Aaron foi levado imediatamente para o hospital, onde precisou passar por uma cirurgia e reconstruir a área — ele levou 60 pontos, segundo o jornal The Mirror.

No tribunal, a mulher confessou a agressão e foi condenada a 12 meses de prisão. Além disso, ela deverá fazer 150 horas de trabalho comunitário. Michelle já cumpriu parte da pena, pois o crime ocorreu no fim de 2014.

Por:Metrópole

Leia mais ...

Vice-Governador de Goiás chama jornalista de analfabeto Destaque

Vice-Governador de Goiás chama jornalista de analfabeto

Em entrevista coletiva nesta quinta-feira (11), o vice-governador goiano e secretário de segurança pública José Eliton (PSDB) chamou um jornalista de O Popular de "analfabeto" por trocar, em seu texto, a expressão "condução coercitiva" por "detenção coercitiva".


Em outro momento da entrevista, José Eliton diz que "esse veículo de comunicação (se referindo ao jornal O Popular) busca constantemente desqualificar as forças policiais" e que o comportamento deste mesmo veículo "não é correto".

Em nota, o Sindicato dos Jornalistas de Goiás, repudiou a atitude do Vice-Governador e Secretário de Estado de Segurança Pública.

NOTA DE REPÚDIO

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado de Goiás vem de público manifestar seu repúdio às afirmações do secretário de Estado da Segurança Pública e vice-governador, José Eliton, de desqualificar o trabalho dos jornalistas goianos em relação à cobertura da área de sua atuação.

Ao invés de dar respostas aos problemas que o setor de segurança pública enfrenta em todo o Estado, e particularmente em Goiânia, o secretário preferiu atacar os jornalistas, tachando-os de analfabetos.

Para o Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado de Goiás, é inconcebível que uma autoridade, principalmente ocupantes de cargos de primeiro escalão do governo, adote esse tipo de comportamento. E espera que o secretário tenha a dignidade de vir a público desculpar-se com a categoria.

Goiânia, 11 de novembro de 2016

Luiz Antonio Spada
Presidente

Já o jornal O Popular, emitiu nota admitindo que houve erro, quando da troca das palavras na referida matéria. E que possui total respeito pelas polícias e forças de segurança do Estado. No entanto, não deixará de divulgar os fatos de relevância pública.

O GW também repudia a atitude de José Éliton, entendendo que a sociedade é hoje, uma sociedade democrática, sendo a imprensa os olhos e a voz do povo. Não cabendo ao Sr. Secretário e Vice-Governador desrespeitar os profissionais da área. E sim, trabalhar de fato pelo bem-estar da população goiana. O que se tomar por exemplo a cidade de Cristalina, a situação é de caos total no que tange à qualidade da Segurança Pública. Chegando ao cúmulo de inúmeras ocorrências em uma única semana.  

Leia mais ...

Soldado da PM quer usar farda em casamento homoafetivo no RS Destaque

Soldado da PM quer usar farda em casamento homoafetivo no RS

Miguel Martins, 29 anos, irá casar com o modelo Diego Souza, 21 anos.
PM entregou requerimento e já teve aval do comandante da Fronteira.

(Informações e foto – G1 / GW)

Um soldado da Brigada Militar poderá ser o primeiro homossexual a casar vestindo farda noRio Grande do Sul. A prática, comum em casamentos militares, sempre foi o sonho de Miguel Martins, 29 anos. Lotado no 1º Batalhão de Patrulhamento de Áreas de Fronteira (1º BPAF), na cidade de Uruguaiana, ele entregou um requerimento ao Comando da corporação para usar o fardamento de gala no dia em que formalizará a união com o modelo Diego Souza, 21 anos, em dezembro deste ano.

“Desde muito jovem eu tenho o sonho de me casar fardado. Eu tenho os mesmos direitos que os heterossexuais, que meus colegas que casam de farda”, afirma aoG1o soldado, que aos 18 anos entrou no Exército e desde então seguiu a carreira militar.

Apesar do desejo, o soldado diz que a farda não estava nos planos do casal para a cerimônia, justamente para evitar críticas. “Em um primeiro momento, Diego e eu pensamos em um matrimônio mais simples, no cartório e depois uma festa em um clube. Depois do nosso noivado, a repercussão nas redes sociais foi grande e positiva, mas as críticas nos motivaram também”, explica.

O comandante do 1º BPAF, tenente-coronel Roberto Ortiz, já deu parecer favorável ao requerimento, e disse que não há nada que impeça o soldado de casar com outro homem usando farda.

“Na verdade não existe nenhum impeditivo. Todos nós, policiais militares, temos o direito de casar fardado, ou ir a eventos usando o fardamento. Acho que a sociedade brasileira já passou da fase de discutir isso, que qualquer pessoa pode se relacionar com quem quiser”, avalia o tenente-coronel.

A próxima etapa é receber o aval do major Luis Flores Tavares, do Comando Regional de Polícia Ostensiva Fronteira Oeste (CRPO-FO) e do comandante-geral da Brigada Militar, coronel Alfeu Freitas Moreira. “Falei com os dois, que já entraram em contato comigo a respeito da repercussão, e eles disseram que está OK, que pensam da mesma forma”, acrescenta.

Embora o soldado queira discrição, a decisão repercutiu. Ele já adiantou, no entanto, que caso haja negativa, pretende buscar na Justiça o direito de casar fardado.

“Não estou denegrindo a imagem da Brigada Militar. Pelo contrário, quero mostrar que a Brigada Militar respeita os direitos dos cidadãos e dos membros da corporação”, sustenta ele.

Juntos há pouco mais de oito meses, os noivos frequentam eventos da corporação, no quartel e na Associação da Brigada Militar. O soldado diz que nunca sofreu preconceito dos colegas, mas que já leu comentários depreciativos de conhecidos nas redes sociais.

“As críticas, em vez de nos diminuir, nos enfraquecer, nos dão mais vontade ainda, mais força para seguir na nossa decisão”, destacou ele. “A gente não está visando chamar atenção, não. Não quero nos aceitem, mas quero que nos respeitem como seres humanos, como casal, como uma família que está se formando”, completou o soldado, que atualmente trabalha no policiamento ostensivo nas ruas deUruguaiana.

O casamento já tem data: será no dia 23 de dezembro deste ano. Um juiz de paz irá formalizar a união dos noivos em um clube da cidade.

Leia mais ...

[LEITURA NÃO RECOMENDADA A MENORES DE 18 ANOS] - Advogada resolve ganhar a vida como acompanhante de luxo Destaque

Advogada resolve ganhar a vida como acompanhante de luxo

Ex-professora de direito relata experiências sexuais em blog

Texto de Beto Silva – DM

“Culta, advogada por 11 anos, pós-graduada, ex-professora universitária, blogueira, sem filhos, inteligente, carinhosíssima, higiênica dos dentes às unhas dos pés”.

Com esta descrição, a talentosa escritora Cláudia de Marchi, 34, se apresenta para as pessoas no blog publicado no seguinte endereço eletrônico: https://simonesteffanibrasilia.blogspot.com.br/.

Acompanhante de luxo em Brasília, ela escreve sobre sua vida em um blog. Com um português impecável, Cláudia se apresenta como Simone Steffani em homenagem à feminista francesa e existencalista Simone Beavouir – esposa de Jean Paul Sartre.

Conforme a profissional que se define como cortesã, sua vida seguia bem até que perdeu o emprego em uma faculdade.

De repente, resolveu deixar para trás uma carreira de 11 anos como advogada. Moradora de Bonito, no Mato Grosso, ela se desloca para Brasília, onde atende sua clientela.

Em seu blog, ela provoca os homens: “Amo beijos ardentes, fazer e receber sexo oral. Adoro anal e gozo fazendo! Sou gaúcha, cinéfila e estudante autodidata de Psicanálise. WhatsApp: 66 XXXXXXXX- Só faça contato objetivo, respeitoso, sem pedido de fotos ou pechincha! Quer bater punheta? Procure foto ginecológica em sites de acompanhantes, não me chateie!”

A cortesã diz que escolhe os clientes. Para ela, com um viés político de esquerda, os facistas não têm vez em sua agenda. Ela prefere os mais sensíveis. Os grosseiros ela também ignora. Em seu Facebook, existem cópias das mensagens no Whatsapp, onde ela mostra os bastidores de seus diálogos com a clientela. Quase sempre, Cláudia precisa dar uma bronca aos que pedem fotos dela nua ou cenas mais picantes.

O diferencial da cortesã brasileira é sua disposição em mostrar  o rosto. Ao contrário das garotas de programa tradicionais, ela faz questão de se mostrar e diz que faz sexo por gostar.

Leia mais ...

Homem prende pênis em chave estrela e bombeiros usam esmeril para soltar Destaque

Homem prende pênis em chave estrela e bombeiros usam esmeril para soltar

 
Redação com informações do jornal EXTRA / GW


Um australiano passou pelo constrangimento de ir parar no hospital com uma chave inglesa pesa ao pênis. De acordo com o Departamento de Bombeiros de Tweed Heads, o caso, que surpreendentemente não é tão incomum assim, ocorreu na última segunda-feira. As informações são do jornal The Courier Mail.
"É realmente perigoso, porque as pessoas esperam demais para nos chamar, por causa da vergonha. Ou dizem 'minha mulher me disse para colocar manteiga'", contou o bombeiro Peter Sutherland. "Nunca dá certo", disse.
Ainda segundo Sutherland, o sangue fez o órgão genital do homem inchar demais e ele teve que ser encaminhado a um hospital. A namorada foi junto.
"Usamos um esmeril de ângulo, que era operado sobre uma fita métrica que protegia a pele, e lentamente fomos afastando ele. Jogamos água o tempo todo para que não ficasse muito quente", disse o bombeiro, revelando que esse tipo de operação é bem frequente.

Leia mais ...
Info for bonus Review William Hill here.