Menu
RSS

Caminhão cai no Rio São Bartolomeu e motorista fica preso às ferragens Destaque

Caminhão cai no Rio São Bartolomeu e motorista fica preso às ferragens

Ao cair no rio, o caminhão ficou praticamente submerso e os bombeiros trabalharam por quase duas horas para resgatar a vítima, levada ao hospital com sinais de hipotermia

Após o motorista perder o controle da direção, um caminhão bateu no muro de proteção da ponte sobre o Rio São Bartolomeu e caiu no curso d’água. O acidente aconteceu na BR-251, na altura do Km 23, perto de São Sebastião, por volta das 6h da manhã desta quinta-feira (29/6). Havia duas pessoas no veículo, que transportava tijolos.

Ao cair no rio, o caminhão ficou praticamente submerso, com o motorista preso às ferragens. Os bombeiros trabalharam por cerca de uma hora e quarenta minutos para retirá-lo. O homem foi levado ao Hospital de Base de helicóptero, com sinais de hipotermia.
O passageiro, Paulo Henrique de Souza, 34 anos, conseguiu sair do caminhão sozinho. Com diversas escoriações, foi levado ao Hospital do Paranoá. O trânsito ficou interditado durante o atendimento, com apenas uma das faixas liberada. O local ficou aos cuidados da Polícia Rodoviária Federal (PRF).
CBMDF/Divulgação
 

Histórico de acidentes

A Rodovia Júlio Garcia (BR-251) tem um histórico de tragédias. Ela se estende da Bahia a Mato Grosso. A rodovia tem aproximadamente 1.515,2 km. Em um levantamento de 2013, foi considerada a segunda estrada mais perigosa do DF. 
Relembre alguns acidentes ocorridos na BR-251: 
2015 - Seis pessoas morreram na colisão frontal entre um Toyota Corolla e uma carreta cegonheira, em 4 de setembro. As vítimas eram da mesma família e, entre elas, estavam duas crianças de 2 e 4 anos. O condutor da carreta teria feito uma ultrapassagem irregular.  
2014 - A batida entre dois caminhões e um van deixou seis mortos e sete feridos na madrugada de 13 de agosto, em Salinas (MG). À época, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) informou que os veículos de carga bateram primeiro, e um deles invadiu a contramão atingindo a van, com placa do Ceará. 
2014 – Em 13 de dezembro, duas pessoas morreram e pelo menos outras 14 ficaram feridas em um acidente com uma van na BR-251, próximo ao distrito de Barrocão, no município de Grão Mogol (MG). O motorista da van, que viajava no sentido Salinas/Francisco Sá, perdeu o controle da direção. O veículo saiu desgovernado e capotou. À época, houve suspeita de que o veículo, de Alagoas, fazia transporte clandestino. 
2013 – Na manhã de 25 de novembro, um micro-ônibus do Serviço de Transporte em Saúde (SETS) e uma carreta bateram de frente na altura do Km 361, perto de Padre Carvalho (MG), matando 14 pessoas que seguiam para Montes Claros (MG), onde os passageiros recebiam tratamento médico.
 
2011 – Em 19 de abril, dois ônibus e um caminhão bateram na BR-251, em Taiobeiras (MG), deixando 35 feridos. À época, testemunhas disseram ao Corpo de Bombeiros que o ônibus de uma empresa de turismo bateu na traseira do caminhão. Em seguida, outro ônibus da mesma empresa bateu na traseira do primeiro. Os dois veículos transportavam 90 professores que seguiam do Norte de Minas para uma assembleia sindical em Ouro Preto (MG). 
2011 – Na primeira semana do ano, cinco pessoas morreram na colisão frontal entre uma carreta, com placa de Piracicaba (SP), e uma Parati, com placa de Taiobeiras (MG), no Km 413 da BR-251, em Grão Mogol (MG). A tragédia aconteceu na manhã de 3 de janeiro. Os cinco mortos eram ocupantes da Parati, um táxi e transportava passageiros de Taiobeiras para Montes Claros. A batida ocorreu no perigoso trecho da Serra de Francisco Sá, onde os acidentes são constantes. 
2010 – Um Fox e um caminhão bateram em 19 de janeiro no Km 316 da BR-251, deixando cinco mortos. Todos os mortos estavam no veículo menor. As vítimas tinham idades entre 9 e 36 anos.
 
Por: CorreioBrasiliense
Última modificação emQuinta, 29 Junho 2017 22:30
voltar ao topo
Info for bonus Review William Hill here.